Visualizações

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Caminho do sol

Eu sei que o amor universal permeia caminhos
E sua fragrância ressuscita almas inconscientes.
A mãe natureza é generosa
E jamais esquece seus filhos
A Escolha foi feita 
Antes mesmo que a primeira criatura habitasse esta terra.

O perfume do princípio vital
Impulsiona minha esperança
Ainda que caminhemos por estradas cravejadas de diamantes
Havemos de entender que existe apenas uma direção para o ser:
Ser inteiro!

Acontece um chamamento de paz dentro de nós
Porém a vida superficial não nos permite ouvi-lo
Só a maturidade espiritual
Fará com que ouvidos se abram
Consentindo passagem à delicada cantiga do amor verdadeiro

Entre as idas e vindas à eternidade
Que amadureçamos nosso amor imaturo.

Há música e poesia no caminho que nos leva para o futuro!

Joana Tiemann

domingo, 22 de junho de 2014

Meu eu interior

Não queira se colocar no meu lugar
Você não entenderia a engenharia da minha construção
Ela é feita de silêncios e solidão
De entardeceres de outono
De momentos de ilusão.

O meu relógio é o vento
Meu pensamento voa sem direção.
Minhas mãos encontram poesia onde não há.

A canção que me acompanha nesta jornada
É ritmada pelas batidas do meu coração.
Nos jardins da minha emoção
Sentimentos estão em constante metamorfose.

Não queira se colocar no meu lugar
Você jamais entenderia a alquimia
Dessa força que me move.

Joana Tiemann

segunda-feira, 16 de junho de 2014

O meu amor

O meu amor não conhece todo o abecedário
Existem palavras que ele não aprendeu a pronunciar
O meu amor não é otário
Ele sabe muito bem por onde caminhar.

O meu amor gosta de amparo
Gesto de quem aprendeu a amar
O meu amor é raro
Pérola no fundo do mar.

O meu amor gosta de felicidade
A reciprocidade do toma lá dá cá
O meu amor é leve
Breve para quem não souber elevar.

O meu amor é assim
Um pouco de tudo
Um tudo no nada
Clarão do sol em plena madrugada.

O meu amor é um bem querer sem fim
Um 
talvez em você
Uma certeza em mim.

(JOANA TIEMANN)

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Sentimentos virginais

Muita calma nessa hora,
Diz meu sensato coração,
Há entendimento nos meus sentimentos.
Porém, para um viajor de encantamentos imediatistas,
Alguns parecem não fazer sentido.

Tapo meus ouvidos para qualquer filosofia vã
Creio que sentimentos virginais
São apenas versos coloridos do amanhã.

Joana Tiemann